Mato Grosso do Sul e suas terras férteis

“É necessário repensar a logística do centro do país. É fundamental que nossos eixos de escoamento sigam uma lógica regional competitiva, que incentive a produtividade.”Reinaldo Azambuja, governador de Mato Grosso do Sul

Com numeroso rebanho bovino, vastas áreas agrícolas e um sub solo rico em minérios, Estado também tem uma forte indústria
As principais fontes econômicas do estado são agricultura e pecuária. A área econômica que mais se destaca no Estado de Mato Grosso do Sul é a do planalto da Bacia do Paraná, com seus solos florestais e de terra roxa. Nesta região, os meios de transporte são mais eficientes e os mercados consumidores do Sudeste estão mais próximos.
A maior produção agropecuária concentra-se na região de Dourados, desenvolvendo-se uma agricultura diversificada, com culturas de soja, arroz, café, trigo, milho, feijão, mandioca, algodão, amendoim e cana-de-açúcar. Nos campos limpos, pratica-se a pecuária de corte, com numeroso rebanho bovino, e os suínos assumem importância nas áreas agrícolas. No Pantanal, a Oeste, estão as melhores pastagens do estado.
A maior parte da energia consumida no estado é produzida pela hidrelétrica de Jupiá, instalada no Rio Paraná, no Estado de São Paulo. As indústrias do Mato Grosso do Sul são responsáveis por 20% desse consumo.
Importantes jazidas de ferro, manganês, calcário, mármore e estanho são encontradas no estado. Uma das maiores jazidas mundiais de ferro é a do monte Urucum, situado no município de Corumbá. De modo geral, o solo tem boas propriedades físicas, mas propriedades químicas fracas, o que exige a correção de cerca de 40% da área total com o emprego de calcário.

Mato Grosso do Sul em números
• População: 2.682.386 (estimativa de 2016 – IBGE) / 2.449.024 (Censo 2010)
• Área (em km²): 357.145,534
• Densidade Demográfica (habitantes por km²): 7,51 (estimativa 2016)
• Quantidade de municípios: 79
• Produto Interno Bruto (PIB): R$ 69,1 bilhões (em 2013)
• Renda per Capita: R$ 27.640 (em 2013)
• Índice de Desenvolvimento Humano (IDH): 0,729 – alto (2010)
• Principais Atividades Econômicas: agricultura, pecuária, serviços e mineração
• Mortalidade Infantil (antes de completar 1 ano): 15,4 por mil (em 2015)
• Analfabetismo: 7,05% (em 2015)
• Expectativa de vida (anos): 74,7 (em 2015)

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *