Em ‘Pintura e Partitura’, Celia Rabelo une as duas artes e trabalha com os sentidos do ser

O show “Pintura e Partitura” busca unir duas artes e trabalhar com os sentidos do ser, trazendo à audição do público de bom gosto, canções de compositores brasileiros que serão interpretadas pela cantora Celia Rabelo e Trio, e que fazem parte das pinturas em aquarela do artista Alexandre Zilahi que estarão em exposição com o tema “Música, tons e cores”.

O show traz referências de intérpretes e compositores que fazem parte da história da Música Popular Brasileira e da Bossa Nova, com repertório selecionado de autores como Ary Barroso, Edu Lobo, Chico Buarque, Dorival Caymmi, Djavan, João Bosco, Luiz Melodia, Roberto Menescal, Ivan Lins e outros.

Natural de Brasília, Celia valoriza e interpreta música popular brasileira de qualidade.

Além da voz marcante e precisão na divisão rítmica e melódica, seu carisma e desprendimento no palco, conquistam públicos de todas as idades por onde passa.

Participou de inúmeros projetos, tanto no Brasil quanto no exterior, a convite de diversas entidades e além de ter gravado o CD “Tudo bem”, tem o registro de sua voz em várias gravações.

Celia Rabelo será acompanhada por Félix Júnior (violão 7 cordas), Márcio Bezerra (sax, clarineta e flauta) e Manga (bateria).

Data: 19/10/18

Horários:

– 18h30 – Cocktail de abertura da exposição “Música, tons e cores” por Alexandre Zilahi e

– 20h – Show da cantora Celia Rabelo e trio

Local: Casa Thomas Jefferson – SEP SUL 706/906

Entrada Franca

Classificação indicativa: Livre

Produção: Marizan Fontinele

  

Um comentário em “Em ‘Pintura e Partitura’, Celia Rabelo une as duas artes e trabalha com os sentidos do ser

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *