A dança dos gabinetes dos senadores de Mato Grosso

Por João Negrão

O Congresso Nacional na tarde de ontem fazia os últimos preparativos para receber os novos parlamentares. Na Câmara Federal e no Senado era um entra e sai de móveis, de objetos de decoração, quadros, painéis e, sobretudo, funcionários. A maioria dos gabinetes ainda não estava de toda ocupada pelas novas equipes. Aliás, quase todos os assessores dos novos senadores e deputados não foram ainda nomeados.

A Agência de Notícias RBC News esteve lá ontem à tarde e verificou outro aspecto interessante: a dança dos gabinetes dos senadores de Mato Grosso. Com o fim do mandato do senador Blairo Maggi, o seu colega Wellington Fagundes aproveitou para se mudar para o espaço que era do ex-ministro da Agricultura.

A nova “morada institucional” de Fagundes ocupa quase que totalmente o 19º andar do anexo 1 do Senado. Para quem não sabe, o anexo 1 é uma das torres gêmeas do Congresso Nacional. O gabinete do senador rondonopolitano terá quase que quadruplicado seu espaço. Há quem reclame que é um lugar muito longe do Plenário, de difícil acesso aos visitantes e com limitação de locomoção nos elevadores sempre superlotados da Casa.

Antes o senador Wellington ocupava o gabinete número 4 da Ala Ruy Carneiro, relativamente próximo ao Plenário principal da Casa e das alas de salas e plenários das comissões temáticas. Quando assumiu em 2011, o ex-senador Blairo Maggi chegou a brigar com a Mesa Diretora do Senado para lhe garantir o 19º, que era quase todo ocupado por um dos setores administrativos da Casa e chegou a ser, em anos anteriores, a Secretaria de Comunicação da Câmara Alta.

No vídeo abaixo o antigo gabinete de Wellington Fagundes:

O senador Jayme Campos vai ocupar o gabinete 9, que era de José Agripino Maia, senador do Rio Grade do Norte, na Ala Afonso Arinos, exatamente em frente ao seu antigo espaço, o gabinete 11, quando ele exerceu o mandado de 2006 a 2014. O gabinete que era ocupado pelo ex-senador José Medeiros, que foi eleito deputado federal, fica também nesta mesma ala. Medeiros passará a ocupar um dos modestos espaços do anexo 3 ou 4 da Câmara.

No vídeo abaixo o gabinete do senador Jayme Campos:

A senadora Selma Arruda vai ocupar o gabinete número 15, da Ala Teotônio Vilela, que era da ex-senadora Lídice da Mata, do PSB da Bahia. Na tarde desta quinta seus assessores faziam os últimos preparativos para que já nesta sexta-feira, quando assumirá o mandato, ela possa despachar. Assim como Jayme Campos, a juíza Selma esteve parte do dia de ontem no local, reunindo com assessores diretos, funcionários do Senado e visitantes.

No vídeo abaixo o gabinete da senadora Selma:

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *